Homem é preso suspeito de estuprar criança de 6 anos em Camacan

Um trabalhador rural foi preso suspeito de estuprar uma menina de 6 anos no município de Camacan, localizado na região sul da Bahia. De acordo com informações da Polícia Militar do município, a mãe da criança estaria embriagada no momento do crime e não viu o abuso, que ocorreu dentro da casa da vítima. O crime aconteceu por volta das 20h da sexta-feira (1º), no distrito de São João da Panelinha, na zona rural do município. Conforme a PM, vizinhos contaram que a menina estava dormindo em casa quando o…

Ler mais...

Em nota, Joesley Batista chama presidente Temer de ‘ladrão-geral da República’

O empresário Joesley Batista, do grupo JBS, chamou o presidente Michel Temer de “ladrão-geral da República”. Em nota divulgada neste sábado, 2, o empresário afirma que a colaboração premiada é um direito e que o ataque feito a essa prerrogativa revelaria uma “incapacidade” de o presidente se defender “dos crimes que comete.” As declarações do empresário foram feitas numa reação à nota divulgada na sexta-feira, 1º, pela Presidência da República sobre o operador Lúcio Funaro, que firmou acordo de delação com Ministério Público. Na nota, o Palácio do Planalto chama o…

Ler mais...

Coreia do Norte diz ter fabricado bomba de hidrogênio mais avançada

A Coreia do Norte disse que conseguiu fabricar uma bomba de hidrogênio “mais avançada” e montá-la na ponta de um míssil de longo alcance, segundo reportou a mídia estatal norte-coreana no domingo (horário local). O país também advertiu contra uma explosão nuclear de alta altitude. Segundo a mídia estatal da Coreia do Norte, o líder norte-coreano Kim Jong Un teria testemunhado uma bomba de hidrogênio sendo montada em um novo míssil balístico intercontinental enquanto visitava o Instituto de Armas Nucleares do país. Na reportagem, Kim se vangloria de que todos…

Ler mais...

Delação de Funaro deve atingir 20 políticos, entre eles, Geddel

A delação do doleiro Lúcio Funaro deve implicar pelo menos 20 políticos ligados ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). De acordo com o jornal O Globo, entre os principais alvos, estão os ex-ministros da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, e do Turismo, Henrique Eduardo Alves. Os dois são dos mais próximos aliados do presidente Michel Temer. Em depoimentos, Funaro indicou contas bancárias na quais teriam sido depositadas propinas para os dois ex-ministros, supostamente por ordem de Cunha. Sobre Geddel, o doleiro detalhou de onde tirou e como fez o dinheiro…

Ler mais...